Ao caminhar pela praia, frequentemente encontramos conchas vazias na areia. Muitos turistas tem como hobby coletar as conchas para levar de lembrança da viagem. Você faz isso? Está na hora de repensar os seus hábitos.

A retirada de conchas da natureza prejudica todo o equilíbrio dos ecossistemas marinhos. Muitos não sabem, mas as conchas desempenham um papel ecológico fundamental na reciclagem de carbonato de cálcio nos oceanos. Na verdade, as conchas têm múltiplas funções ecológicas, dentre as quais podemos citar:

– As conchas promovem a estabilidade do ambiente marinho;
– Pedaços de concha são utilizados por aves na construção de seus ninhos;
– Uma série de algas, grama marinha e outros organismos incrustantes utilizam as conchas como substrato para se fixar;
– Conchas são “casa” de moluscos que as têm como proteção para seus corpos moles e vulneráveis à predação;
– Conchas vazias de moluscos gastrópodes são utilizadas por caranguejos ermitões como carapaça de proteção para seu abdome mole e frágil;
– Conchas funcionam como abrigo para espécies que se refugiam em seu interior, como por exemplo alguns peixes;

Infelizmente o número de conchas nas praias do mundo tem reduzido bastante. Um estudo feito por cientistas da Espanha e dos EUA na praia de Llarga em Barcelona, em um intervalo de 30 anos (1978-1981 e 2008-2010), constatou uma redução substancial no número de conchas encontradas nas praias. Os cientistas creditaram essa redução de conchas ao turismo não sustentável.

Mas, quais são os principais impactos da remoção das conchas do seu ambiente natural? Podemos citar a redução na diversidade e abundância de espécies que dependem das conchas para viver, se abrigar, fixar, etc; a desestabilização da praia, com aumento de processos erosivos; e o desequilíbrio na reciclagem de carbonato de cálcio pela vida marinha.

Quando for à praia, ao invés de recolher conchas, remova o lixo.

Via: Octomares – Cursos de Biologia Marinha

Adicionar um comentário